Miseráveis

 

Um amigo meu telefonou-me irritado. Anunciou-me as medidas de José Sócrates para combater a crise. Juntos praguejámos. Comecei a fazer contas ao dinheiro que me vão roubar todos os meses. Fiquei triste. Fiquei revoltado. Mas para onde caminhamos? Sempre o povo. O povo que vive do seu trabalho. O povo que ganha menos. O povo injustiçado. O povo cada vez mais excluído. Sócrates e Passos brincam. E o povo que já não tenha dúvidas. Ou ficaremos assim para sempre, numa sociedade desigual e desumana, ou o povo se levanta e realiza outra desfolhada. Acordai!

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s