Adriana Morais

Néon 121212

“Escava o poço antes que tenhas sede”, provérbio chinês

Nas traseiras de cada fotograma mora um trabalho árduo, de uma paciência sem fim. Um querer caminhar que nem sempre escolhe o melhor alcatrão. O 121212 está na estrada desde Janeiro. Tem feito o seu percurso e agora chegou a hora de colocar o néon vermelho bem na frente da caravana. Somos o 121212!

Sabemos os perigos que enfrentamos. Sabemos as dificuldades que mastigam qualquer ideia válida. Sabemos muito melhor, o país que temos. Mas somos teimosos e a caravana vai continuar. É nosso compromisso que as centenas de fotografias produzidas por olhares -palavra banalizada pelos fotógrafos – cruéis e estupefactos, cheguem a todos vós como um furacão que rodopia sem avisar. É para isso que trabalhamos todos os dias, para o livro que alertará e comoverá.

Por isso, lançámos a campanha Subscrever é ser Solidário. Vinte euros, uma nota solidária com o 121212 que ajudará à edição do livro. O teu apoio é demasiado importante. Vale muito mais que uma estúpida nota de uma moeda que nos levou até aqui, à crise. Vale a fraternidade. Palavra antiga.

www.121212.pt

Quem subscrever receberá um exemplar autografado, numerado e o seu nome constará no livro como Subscritor Solidário.

fotografia de  Adriana Morais

Limoeiros

 

Aqui estamos nós. Se no último encontro reunimos na adega, desta vez foi numa sala enamorada por limoeiros. Adriana Morais, Adriano Miranda, José Carlos Carvalho, José Manuel Ribeiro, Lara Jacinto, Nuno Fox, Nuno Veiga, Rodrigo Cabrita e Vasco Célio discutiram, com alma e coração, Fotografia. E se pelo meio nos degustámos com uma bela feijoada de chocos feita por mãos sábias e calejadas, e regámos com belos vinhos algarvios, a discussão não parou e a muitas conclusões chegámos. Brevemente, Portugal saberá e se espantará. De momento, só podemos partilhar a gostosa conclusão de como é bom estar entre amigos e discutir com a liberdade de pensamento a passear sobre nós.

Vai ser de liberdade o que nós estamos a preparar. Sem ela nada feito.