Image

Na noite que se sobe para cima de uma cadeira e se cai de bêbado comendo as doze passas, os do costume lá da aldeia fizeram rebentar meia dúzia de foguetes. Continuei enterrado no sofá a ver os gordos que agora são magros embalado pelo já tradicional ressonar  da sogra. E como aquelas velhas máquinas de rebobinar cassetes VHS ao domingo, o meu cérebro reproduziu muitas curtas e longas metragens das minhas loucas ou solitárias passagens de ano. E foi numa que conheci quem agora me atura. Anos eternos para ti!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s