A Roseira Que Dá Laranjas e a Laranjeira Que Dá Rosas

Alguém se lembrou de só agora aplicar uma lei de 2003. Todos os partidos que tenham menos de 5.000 militantes vão ser extintos. O atraso de 4 anos para aplicar a lei só tem duas explicações: não vão existir eleições tão cedo e a lei é tão absurda que até custa aplicá-la.

5.OOO? Porque não 4000,  20.0000 ou 50 ?

O PCTP/MRPP vai desaparecer. Fiquei triste. Não porque morra de amores pelas suas ideias, mas porra, eleitoralmente já foram o 5º partido antes do aparecimento do BE.  O PPM também desaparece e até já foi governo com a  Aliança Democrática. Outros também desaparecerão. Todos estes pequenos partidos fazem parte da nossa história recente.

O PCP foi fundado por 30 pessoas. O PS talvez 20. O PSD talvez o Sá Carneiro e mais três. E se nessa altura existisse essa lei? E quem nos garante que o Partido da Terra não será governo um dia?

O do jogo da Democracia, com todos os seus defeitos, é jogado com a riqueza das ideias e das experiências. Querer ganhar na secretaria parece-me salazarista. E aqui, só PS e PSD têm responsabilidade. Cozinham juntos as leis para se prepetuarem no poder. Acabar com os pequenos partidos, alterar as leis eleitorais para PCP, PP e BE desaparecerem do parlamento e das autarquias. Começo a pensar que a Democracia está em perigo e os portugueses terão que fazer alguma coisa. Mas o quê? 

Talvez não votar na Roseira que dá Laranjas e na Laranjeira que dá Rosas.

comocio.jpg

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s