Arame

O olhar por vezes perturba-se. Indigna-se com os bairros podres, com as seringas do Aleixo ou com os ciganos do Bacelo. Chocam os que dormem na rua e os que pedem esmola na esquina da Bolsa. Do outro lado do rio olhamos o casario e podemos facilmente imaginar que o Porto vive doente, muito doente.

Durante meses vi ruas a serem cercadas por rede metálica. Estranho cenário. Perguntei a um taxista para quê tanto metro de arame ao qual me explicou que era para as corridas da Boavista. O Mercedes continuou a rolar a toda a velocidade e o meu olhar fixou uma mulher curva, suja e triste.

Para que serve tanto arame?

 blog-carros.jpg

2 comments

  1. Alguém teve uma infância muito triste e portanto como não podia brincar com carrinhos à escala na altura, diverte-se a transtornar meia cidade para ter o seu circo “privée” de carrinhos a sério.

    Mas diz a populaça que a cidade está melhor e tem estes eventos importantes, e portanto desde que a populaça esteja feliz e contente, a caravana passa…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s