Onze + Lara Jacinto

Lara aproximou-se e perguntou-me quase a medo – podes dar uma opinião? Olhei o monitor e as imagens de Lara iam caindo como água milagrosa de uma cachoeira. Pensei com os meus botões – mas o que é isto?

Fiquei preso. As fotografias de Lara eram calmas e intensas. Promíscuas. Adultas. Maduras. Não olhando para questões técnicas que é o que menos interessa numa boa fotografia, Lara fez-me pensar o que estaria ela ali a fazer. Numa redacção de um jornal a estagiar. Lara não tinha fotografias para estagiar. Lara tinha fotografias para ser fotógrafa a tempo inteiro. Mas Lara ali estava com a sua teimosia. Mas bem lá no fundo a contra gosto. E com total razão.

Lara acabou o estágio. E a miopia da contabilidade cegou uma excelente contratação. E Lara partiu. Precária. Fruto da crise. Crise de valores e crise de direitos. E eu nunca mais esqueci Lara. As suas fotografias ainda aqui estão como sangue percorrendo nas veias.

Empenhei-me para que Lara fosse uma das 12. E agora, que Lara viaja por terras esquecidas, Bragança, ficamos os 11 arrepiados com as imagens que Lara nos dá. Força de estética sem gratuidade ou receitas, e voz aos que nasceram mudos.

Lara é assim. Uma Fotógrafa a tempo inteiro.

fotografia de Lara Jacinto

www.121212.pt

One comment

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s